Certeza .

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011
Por que tanta confusão ?
tanto medo de arriscar ?
de ter uma vida inteira 
do seu lado e não tentar te amar .

Espero o tempo que for 
pois hoje sei que é o meu amor
o futuro é medonho , mas mais medo do que viver
é o medo de te perder

Minha jóia rara 
minha princesa fina 
te quero do meu lado
para sempre menina .

2 comentários:

Ada Fraga disse...

Gostei do blog Paulo e também do poema "Certeza".

Sucesso!

Beijos

Paulo Alvarenga Poetano disse...

è filho adorei o poema certeza..muito e to feliz demais por ver que voltou escrever sinal que seu amor amadureceu e te inspira, isso é bom demais, bjs

Postar um comentário